Categorias:

É possível escolher o sexo do bebê?

Confira dicas para aumentar naturalmente em até 70% as chances de um casal ter um menino ou uma menina

Com os avanços das técnicas de Reprodução Assistida, sempre surge essa dúvida. Na fertilização in vitro (FIV), a sexagem nos embriões, pesquisa do sexo, é uma realidade. No entanto, o Conselho Federal de Medicina proíbe que a técnica seja usada com a intenção de selecionar o sexo, exceto para evitar a transmissão de doenças genéticas determinadas pelo sexo, como a hemofilia. Afinal, as técnicas de Reprodução Assistida existem para ajudar casais com infertilidade, não para escolher o sexo do bebê!

Mas é possível usar a ciência para aumentar naturalmente as chances de o casal ter um menino ou menina. O resultado não é 100% garantido, mas estudos dizem que a probabilidade de acertar o alvo é de 70%…

Quer uma menina?

– Tenha relações dois ou três dias antes da ovulação. Os espermatozoides femininos são mais lentos do que os masculinos, porém, conseguem sobreviver por mais tempo, por aproximadamente 72 horas. Então, resistem até a liberação do óvulo, enquanto os espermatozoides masculinos, mais rapidinhos, duram apenas 24 horas e têm chance maior de fecundar o óvulo se a relação ocorrer no dia da ovulação.
– Pesquisas mostram que a dieta também pode interferir. Um estudo realizado na Holanda sugeriu que o consumo de alimentos ricos em cálcio (leite e derivados, feijão branco, grão de bico, folhas escuras, chia, etc.) e magnésio (banana, abacate, espinafre, couve, nozes, amendoim, etc.). O recomendado pelos pesquisadores é alterar a dieta 9 semanas antes da ovulação.
– A posição também pode influenciar. O ideal é que a penetração não seja profunda e que a mulher não tenha orgasmo antes do homem – a secreção liberada durante o clímax deixa a vagina mais alcalina, o ambiente preferido dos espermatozoides que carregam o gene Y.

Quer um menino?

– Tenha relações o mais próximo possível do dia da ovulação. Ao contrário dos espermatozoides femininos, o espermatozoide masculino é ágil e chega mais rápido ao óvulo, no entanto é mais frágil e vive, em média, 24 horas.
– Nove semanas antes da concepção, mude a dieta e aumente o consumo de alimentos ricos em potássio (beterraba, batata doce, aveia, uva passa, água de coco, etc.) e sódio (carne, salmão, arroz, etc.) para alterar o pH do sangue e favorecer a concepção de um meninão.
– Peça para o parceiro abusar de bebidas e alimentos com cafeína (café, chá mate, coca-cola, achocolatados e chocolate) que turbinam os espermatozoides masculinos.
– Para engravidar de menino, prefira posições em que a penetração seja mais profunda. A mulher deve ter orgasmo antes ou ao mesmo tempo do homem, pois a secreção liberada durante o clímax deixa a vagina mais alcalina, facilitando a chegada dos espermatozoides Y.

Dica: Você conhece o seu ciclo menstrual?

Para a maioria das mulheres é difícil saber o dia exato da ovulação, que normalmente ocorre no meio do ciclo menstrual, de 12 a 16 dias antes do início da próxima menstruação. Mulheres com ciclos regulares de 28 dias geralmente ovulam no 14º dia após o primeiro dia da menstruação. Quem tem ciclo irregular, pode pedir auxílio para o seu ginecologista para calcular o período fértil.

© 2019 Dr Gabriel Monteiro. Todos os direitos reservados.
WhatsApp chat