Categorias:

Mito ou verdade: grávida não pode comer carne crua?

A toxoplasmose é perigosa principalmente durante a gravidez, então é importante evitar os itens mais propícios a contaminações, como a carne crua

carpaccio-643020_640

Verdade! Durante a gestação, carpaccio, quibe cru, steak tartare e outros pratos com carnes cruas ou pouco cozidas devem ser evitados por conter microrganismos prejudiciais à saúde. Como esses contaminantes não resistem às altas temperaturas do cozimento, as carnes devem ser consumidas preferencialmente cozidas na gravidez.

A toxoplasmose – causada por um protozoário microscópico encontrado em carnes cruas, leite não pasteurizado e em verduras e frutas mal-lavadas – é perigosa principalmente durante a gravidez. Apesar dos sintomas leves, parecidos a uma gripe comum, pode causar malformações no feto e aborto nos primeiros meses. Logo no início do pré-natal a gestante faz um exame para saber se ela é ou não imune à toxoplasmose.

Outra preocupação é a salmonelose, infecção alimentar causada pela bactéria salmonella, também presentes em alimentos crus ou mal cozidos contaminados como carnes, ovos, leite não pasteurizado e derivados e a própria água. A doença causa febre, diarreia, cólicas abdominais e vômito e, em gestantes, pode evoluir para um quadro grave e até causar a morte se não houver tratamento.

Vale ressaltar que essas doenças são raras hoje em dia, mas como durante a gravidez o sistema imunológico fica mais debilitado, é importante tomar cuidado principalmente com a higiene dos alimentos e evitar os itens mais propícios a contaminações, como a carne crua.

Em casa, procure higienizar corretamente verduras e legumes em solução de hipoclorito de sódio (siga a recomendação do fabricante) e, depois lave novamente em água corrente para retirar o produto. Vai comer fora? Escolha restaurantes que você conheça a qualidade e as condições de higiene.

Uma pergunta que ouço praticamente todos os dias no consultório é: posso comer comida japonesa? Já falei sobre esse assunto aqui , mas as apaixonadas por sushi, sashimi e etc. podem ficar tranquilas e comer peixe cru durante a gravidez. No entanto, vale lembrar que os peixes podem se deteriorar facilmente se manipulados ou armazenados de forma incorreta, daí novamente a necessidade de escolher com muito cuidado o restaurante!

© 2018 Dr Gabriel Monteiro. Todos os direitos reservados.